Hemangioma

O que são hemangiomas?

O hemangioma é um sinal formado pelo crescimento de vasos sanguíneos na pele. Até 10% dos bebês apresentam este tipo de lesão. Eles não são na verdade marcas de nascença, uma vez que em geral não são vistos ao nascimento.

Quais os tipos de hemangioma?

Há 2 tipos de hemangioma. O hemangioma capilar é mais comum em criancas prematuras. É uma lesão de superfície elevada, e vermelho vivo, pois  os  vasos anormais estão muito próximos  da superfície  da pele.


Hemangioma capilar

Um outro tipo é chamado de hemangioma cavernoso. Esta marca é causada por vasos sanguíneos aumentados localizados profundamente na pele, resultando em uma aparência azulada, inchada. Este tipo de lesão pode ou naõ estar associada a um hemangioma rubi.


Hemangioma capilar associado a um hemangioma cavernoso

Usualmente, uma criança possui apenas um hemangioma, mas algumas vazes podem haver 2 ou 3. Em casos raros, podem haver  vários, até mesmo em  órgãos internos. Os hemangiomas podem crescer muito rapidamente. O crescimento se inicia em geral nas 6 primeiras semanas de vida, e continua por aproximadamente 1 ano. A maior parte destas lesões não fica maior que 6-7 centímetros, mas algumas podem ser maiores. Após o primeiro ano, a maior parte dos hemangiomas interromperá o seu crescimento. Eles começam a ficar esbranquiçados, e lentamente regridem. A metade dos hemangimas se tornará plano aos 5 anos de idade, e 9 em cada 10 estarão planos aos 9 anos.


Hemangioma capilar aos 8 meses de idade


A mesma lesão aos 2 anos
 

Quais as complicações decorrentes deste tipo de lesão?

Ocasionalmente, um hemangioma que está crescendo ou diminuindo muito rapidamente pode formar uma ferida aberta. Esta feridas podem ser dolorosas, ou tornar-se infeccionadas. É muito importante nestes casos a avaliação do dermatologista, assim como manter esta lesão limpa e coberta com uma pomada contendo antibiótico.
Um hemangioma localizado na região genital, próximo dos olhos, nariz ou boca pode interferir com o desenvolvimento da visão, ou causar problemas na respiracão ou de alimentacão. Estas lesões devem ser avaliadas periodicamente pelo médico, pois pode ser necessário tratamento.

Os pais muitas vezes se preocupam com a possibilidade de um sangramento importante de um hemangioma. O aspecto destas lesões dá a impressão que estas podem sangrar com facilidade. Porém isto usualmente não é um problema. Sangramento usualmente ocorre apenas após algum trauma.  Caso isto ocorra, o hemangioma deve ser tratado como qualquer outro tipo de lesão, isto é, limpo com água e sabão e comprimido com gaze, firmemente por 5-10 minutos. Se o sangramento não tiver sido interrompido, procure atendimento médico.

Quais os tratamentos disponíveis para os hemangiomas?

A maior parte dos hemangiomas não necessita de tratamento, pois regride sozinho, deixando apenas uma pequena cicatriz.
Nos casos em que está indicado, o tratamento mais utilizado é baseado no uso de corticóides. Eles podem ser injetados na lesão, ou administrados por via oral. Este tratamento pode ser necessário por um período longo, ou repetido várias vezes. Alguns dos riscos desta terapia incluem retardo do crescimento, taxa de glicose e pressão arterial elevadas e catarata.
O laser pode ser utilizado tanto para prevenir o crescimento de hemangiomas como para remover estas lesões. As sessões de laser são dolorosas, assim pode ser necessária sedação da criança para realização do procedimento.


Copyright: National Skin Centre (Singapore) & American Academy of Dermatology