Doenças de pele associadas ao trabalho doméstico

As doenças de pele que são comumente desencadeadas pelo trabalho doméstico são:

Dermatite de contato por irritação

Esta é a doença de pele mais comum que pode surgir devido ao trabalho doméstico. Afeta mais comumente as mãos. A condicão usualmente se inicia com ressecamento leve, vermelhidão e descamação nas mãos. Depois, fissuras e crostas se desenvolvem (fig 1).

As causas da dermatite por irritante primário incluem detergentes, agentes de limpeza, comida, desinfetantes, água e alvejantes. Indivíduos com pele sensível e doenças de pele pré-existentes, p.ex. dermatite atópica, são mais susceptíveis a desenvolver dermatite por irritante. Indivíduos afetados devem usar luvas de borracha forradas de algodão se o trabalho com água não pode ser evitado. Deve-se evitar usar luvas de borrachas por mais de 30 minutos, pois a transpiracão pode deixar a pele úmida e fazer com que ela se danifique. O tratamento inclui cremes a base de corticoides, hidratantes e anti-histamínicos orais.

Dermatite de contato alérgica

Isto ocorre menos freqüentemente que a deramatite por irritação. É em geral difícil de diferenciar entre uma forma alérgica e a irritativa pelo aspecto da lesão somente (Fig 2). As substâncias que causam alergia incluem luvas de borracha, comida (cebola, alho, frutas), temperos, alguns cremes para mãos, fragrâncias, níquel, cromatos (em alvejantes), flores, e desinfetantes. As alergias cutâneas podem ser confirmadas por teste de contato. Uma vez que o paciente é alérgico a uma determinada substância, ele deve fazer um esforço especial para evitar contato direto com esta substância, para evitar piora ou uma recaída da dermatite.

Urticária de contato

Esta é uma reação imediata, mas transitória (vermelhidão com aumento de volume), que ocorre no local de contato direto com a substância que causa a reação alérgica (Fig 3.1, 3.2). Usualmente se resolve em algumas horas, deixando a pele normal. A urticária de contato pode ser confirmada tambem através de testes. As causas de urticária de contato incluem alimentos, temperos, produtos de origem animal e vegetal, preservativos, desinfetantes e borracha. Evitar o agente causador é importante para que não haja recorrência do rash (vermelhidão).

Infeccões fúngicas:

a - Intertrigo por candida

Isto se refere a lesões que coçam com descamação branca, que ocorre entre os dedos (Fig.4). É causada por uma infecção por um fungo chamado Candida albicans. A humidade favorece este tipo de infecção por candida.

b - Infecção fúngica das unhas

Pode afetar os dedos das mãos e dos pés. A infecção se origina da margem livre e dos lados das unhas, e eventualmente envolve o leito ungueal,  fazendo com que a unha se torne quebradiça, espessada ou completamente destruída (Fig 5). As infecções fúngicas podem necessitar de tratamento prolongado, por até 1 ano. As unhas afetadas podem levar até alguns meses após a interrupção do tratamento para retornar a uma aparência normal.

Paroníquia

Isto se refere a inflamacão com/sem infeccão das pregas ungueais (Fig.5). É comumente causada por trabalho úmido. Infecção secundária por bactérias ou fungos pode causar edema doloroso da prega ungueal. Os pacientes com paroníquia devem evitar trabalho úmido prolongado, ou usar luvas impermeáveis durante o trabalho.

Verrugas virais

As verrugas virais infectam as mãos, dedos, espaco interdigital, pregas ungueais e leitos ungueais. Pode ser exacerbada pelo trauma repetitivo experimentado durante o trabalho doméstico. As verrugas nos dedos das mãos e dos pés podem ser destruídas com eletrocautério ou ácido tricloroacético. Infecção por verruga ao redor das unhas (Fig.6) é muito difícil de erradicar. O melhor tratamento é através do laser.

Como podem ser prevenidos estes problemas decorrentes do trabalho doméstico?

Essencialmente, o uso de luvas impermeáveis e forradas de algodão protege as mãos de todo tipo de dano que pode ocorrer ao se realizar tarefas domésticas, e é essencial no dia-a-dia. As mãos devem ser mantidas longe da água e hidratadas, através do uso de hidratantes siliconados amplamente disponíveis no mercado.